Páginas

terça-feira, 24 de junho de 2008

ProfessoraAnaBatata

Este blog foi criado, para que professores, alunos e amigos expressem suas opiniões sobre os seguintes temas: Educação e Educação Física. Conto com meus amigos para continuar tocando esse blog pra frente... Leiam e opinem!

9 comentários:

prof.anabatata disse...

Sou professora de Educação Física e trabalho em uma escola municipal e em outra do Estado. Gosto muito do que faço, acredito que temos uma função que vai muito além de ensinar desportos, regras, aplicar provas; enfim transmitir todo um conhecimento acadêmico. Precisamos enxergar nossos alunos em seu sentido mais amplo, ou seja, levar em consideração seus aspectos a nível afetivo, psicomotor e cognitivo. Precisamos ouvir nossos alunos e ministrar aulas mais agradáveis e dinâmicas, isto é, não resumir nossas aulas aos livros didáticos e quadro negro. É claro que são ótimos recursos, mas que precisam ser utilizados juntamente com muitos outros.
Não é uma tarefa fácil, é por isso que admiro tanto o nosso trabalho, porque sei que cada professor dentro dos seus limites, faz o seu melhor, sei também que nossos alunos adoram nossas aulas de Educação Física. Essas aulas representam um momento em que os alunos saem um pouco do ambiente da sala de aula e podem ficar em um ambiente aberto (ou em sala de aula, sala de leitura, sala de vídeo; para aulas teóricas), praticando uma atividade física, uma recreação, se integrando aos colegas, etc.

prof.anabatata disse...

Em meio a tantas mudanças e avanços tecnológicos, é necessário que busquemos nos informar, conhecer, aprender e nos atualizar sempre. A Internet é um exemplo desses avanços, ela nos possibilita um acesso rápido à uma enorme quantidade de informações e transformou nossa forma de nos relacionarmos com as outras pessoas, com o modo de se trabalhar, aprender e ensinar. Este último podemos ver no ensino à distância. Através dessa forma de ensino é possível ter aula não somente em um determinado horário e espaço, mas acessar a matéria e interagir com os alunos de qualquer lugar e a qualquer hora, o que representa uma flexibilidade maior para se organizar o tempo para os estudos.

Podemos ver a Internet presente na realização de inscrições, acompanhamento e resultados de concursos. Também conseguimos ter acesso à jornais e revistas on line. Temos jogos, sites de relacionamento; enfim temos acesso à informação, entretenimento e conhecimento.

Grande parte das escolas dispõem de algum recurso tecnológico e devemos utilizá-los para enriquecer nosso trabalho e não ficarmos na rotina das aulas com livros didáticos e quadro-negro. O próprio quadro-negro já está deixando de existir em algumas escolas para dar lugar ao quadro branco, que na minha opinião é muito melhor por podermos utilizar as canetas pilot e assim não sofrer com aquele pó de giz que prejudica nossa saúde e a dos alunos com alergias e micoses nas unhas das mãos.

Acredito que devemos (principalmente depois de realizar um curso como esse), utilizar de forma integrada as mídias que dispomos na escola, ou seja, a TV, o vídeo, o jornal, a revista e a Internet. Muitas escolas já possuem laboratório de informática, inclusive foi divulgado no Jornal O Dia de 19/06/2008, que há a intenção do Governo de que sejam reabertos ou reativados os laboratórios de informática das escolas estaduais. É claro que mesmo uma escola tendo computadores e acesso à Internet, é fundamental que o professor se atualize, saiba como utilizar os recursos presentes na escola, elaborar um planejamento, estabelecer objetivos, etc. O professor também precisa saber que nem sempre a modernização, ter toda uma infra-estrutura na escola vai significar necessariamente uma mudança em relação a forma como o trabalho é conduzido.

Vale a pena lembrar da facilidade que os alunos possuem em relação não só a utilização da Internet, mas também das várias funções de celulares, mp3, mp4, etc. De vez em quando eu tiro dúvidas com eles, pois não sabia como passar as músicas do meu computador para meu mp3. Notei também que desde que criei meu orkut, vários alunos entraram como meus amigos e agora temos mais uma forma de contato além da sala de aula e da quadra da escola.

Tantos recursos tecnológicos nos ajudam a acompanharmos na medida do possível a evolução no mundo e nos colocam mais próximos dos alunos, já que isso tudo já faz parte do dia-a-dia deles e pode tornar nossas aulas mais agradáveis, dinâmicas e prazerosas para nós e para nossos alunos.

prof.anabatata disse...

O comentário que fiz anteriormente, se refere a um curso à distância de Mídias na Educação que estou fazendo e gostando muito!

Professor Marco Batata disse...

Olá Ana, gostei muito da idéia de fazer um blog, este é um caminho para que colegas, amigos e até mesmo aluno expressem suas opiniões, parabéns pela iniciativa.

Vamos deixar de papo furado e já vou começar a dar minha opinião (rsrsrs) sobre o que é ser professor, veja se concorda...


Ser professor é ensinar aos alunos alguns atalhos (do bem), para que eles sejam alguém além do que eles já são.
É ajudá-los a crescer em termos de conhecimento, mas acima de tudo como cidadãos.
Oferecer a eles instrumentos para formarem um senso crítico, a ponto de conseguirem dentro de suas vivências, escolherem o que é certo e errado, mas respeitando sempre as opiniões diferentes das suas próprias.
Ser professor é ser meio camaleão, é ter que se adaptar a turma, ao ambiente escolar, à comunidade onde a Escola está inserida, é uma adaptação constante, mas acima de tudo, hoje ser professor é amar a profissão e acreditar no futuro.

Parabéns por no dar esse espaço para darmos opiniões e idéias

professoranabatata disse...

Foi colocada como situação problema no curso Mídias na Educação, a questão que representa uma dos maiores desafios para o professor que é a de lidar com a pesquisa em sala de aula nesses tempos de Internet. É bem verdade que na maioria das vezes, os alunos não têm uma compreensão maior do que seja pesquisar e transcrever para o papel ou na internet no caso do ensino à distância, o que entendeu após uma análise crítica do que entendeu.Também não parecem não saber como buscar e selecionar informações,com uma consciência crítica. Acreditam que porque está na Internet é confiável e certo, e sabemos que nem sempre é assim.


Na minha opinião, posso dizer primeiramente que a internet realmente representa um meio interessante de informação, conhecimento e entretenimento para nós. Por isso nossos alunos devem utilizá-la para trabalhos escolares, se manter atualizados sobre o que acontece no mundo. Cabe a nós professores trabalhar com nossos alunos a questão de se exercitar a leitura e selecionar as informações que de fato irão contribuir para seu conhecimento. Também é importante que se trabalhe com eles o senso crítico, ou seja, discutir e debater em aula sobre como é importante analisar criticamente as informações as quais acabam tendo acesso para não acharem que são verdades absolutas.Isto se aplica não só a internet, mas também relação as informações que são passadas pela TV, jornais, revistas, rádio, etc.
Ao invés do professor simplesmente passar um trabalho para o aluno e pronto, é importante discutir o tema em sala, realizar alguns trabalhos em aula; até porque esta questão de se copiar um texto ao invés de se fazer um resumo crítico ou simplesmente dizer com as próprias palavras o que entendeu, acontece não só com a internet (ctrl X e/ou ctrl c e em seguida ctrl v), mas também quando levam as "colas" para as provas e quando copiam dos livros, jornais para os trabalhos escolares.
Devemos como educadores trabalhar essas questões em aula, ou seja, trabalhar a reflexão, as referências bibliográficas, etc. .

professoranabatata disse...

Devemos sim como professores, conhecer, aprender e continuar se atualizando sobre os avanços tecnológicos (Internet, orkut, etc.) e a partir daí fica mais fácil entrarmos no mundo dos mais jovens e trabalhar com eles. Realizando atividades de pesquisa em aula, debates, discussões, apresentações e outras estratégias que acabamos desenvolvendo no dia-a-dia dependendo do andamento de cada turma. Assim podemos atuar no momento e na medida do possível ir inibindo esta prática do aluno de copiar e colar informações, passando para ele que acaba por realizar um trabalho que não foi feito por ele, pois copiou a idéia, as colocações de outra pessoa (a real responsável pelo trabalho e pelo mérito do mesmo).

Rafaella disse...

Oi Prof Ana Voce e uma otima prof de educaçao fisica beijinhos

João Maria Alcantara disse...

Olá!
Gostaria de oferecer a vc um plugin encurtador de url para seu site, assim seus usuários não precisam sair de seu site para encurtar a URL que eles estão lendo, veja um exemplo no topo deste blog: http://febredanet.blogspot.com/

O plugin esta em: http://jgo.cc/pages/passosPluginBlog.jsf

o site original é http://jgo.cc

Espero q goste da ideia...
Abraço!

João Maria Alcantara disse...

Olá!
Gostaria de oferecer a vc um plugin encurtador de url para seu site, assim seus usuários não precisam sair de seu site para encurtar a URL que eles estão lendo, veja um exemplo no topo deste blog: http://febredanet.blogspot.com/

O plugin esta em: http://jgo.cc/pages/passosPluginBlog.jsf

o site original é http://jgo.cc

Espero q goste da ideia...
Abraço!